Siga-nos

Política

Desabastecimento de Vacinas: Governo Lula atrasa compra e estados brasileiros ficam sem o imunizante

Publicado

em

Atrasos na aquisição de vacinas contra a Covid-19 pelo Ministério da Saúde resultam em adiamento da campanha de imunização deste ano e escassez em diversos estados brasileiros.

Segundo o ministério, o problema decorre de uma disputa judicial entre as farmacêuticas Pfizer e Moderna, que impactou o processo de compra. Especialistas apontam também para falhas de planejamento por parte do ministério.

Inicialmente prevista para março, a campanha foi adiada para abril e agora para maio. O impasse surgiu quando a vacina da Moderna, atualizada para a subvariante XBB.1.5 da ômicron, entrou na disputa e venceu o pregão, o que foi contestado pela Pfizer.

Com apenas 1,5 milhão de doses em estoque, o Ministério da Saúde enfrenta problemas de abastecimento, afetando estados como Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Maranhão e Tocantins.

Especialistas criticam a demora do governo em adquirir as doses atualizadas, ressaltando que a vacina já está disponível em outros países há meses. Julio Croda, infectologista da Fiocruz, aponta falhas de planejamento e destaca a necessidade de prever contratempos.

O Ministério da Saúde espera assinar o contrato até sexta-feira (19) e prevê a entrega das doses em até sete dias, visando restabelecer os estoques em maio.

Continue Reading
Deixar um comentário

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil

Isso vai fechar em 20 segundos