Siga-nos

Política

DIÁLOGO CABULOSO: PCC TINHA PLANO PARA MATAR LIRA E PACHECO, ALÉM PLANEJAR ATENTADO COM BOMBA CONTRA MORO.

Publicado

em

Documentos produzidos durante investigações em novembro deste ano, expõem o plano da facção criminosa paulista para agir contra a vida dos presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco; e a investigação encontrou explosivos destinados ao atentado contra ex-Ministro e Senador Sérgio Moro.

O Primeiro Comando da Capital (PCC) mandou equipe de criminosos especializados para Brasília com o intuito de operar atentado contra a vida dos presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). A organização criminosa remeteu uma bando formado por três de seus melhores membros em ações de ataque e os custeou em mais de R$ 44 mil, para gastos com moradia, internet, alimentação, transporte e até a aquisição de móveis para se manterem em Brasília e vigia os alvos do ataque durante a fase de planejamento e execução.

Além disso, as investigações do MP-SP em conjunto com a PF, revelaram a presença de explosivos, planejados para um potencial atentado com bomba contra o senador Sérgio Moro (União-PR) e que foram apreendidos.

A divulgação do relatório elaborado pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) e enviado à Polícia Federal (PF) no dia 23 de novembro deste ano. Cópias dos relatórios foram fornecidas a Lira e Pacheco, alertando-os sobre os planos da facção e para que tomassem medidas cabíveis de segurança, conforme foi revelado em matéria do jornal Folha de São Paulo.

Continue Reading
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil