Siga-nos

Brasil

Homem que quebrou relógio no Planalto tem ficha criminal extensa

Publicado

em

Preso pela Polícia Federal nessa segunda-feira, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, por destruir o relógio de Dom João VI durante os atos no Palácio do Planalto, Antônio Cláudio Alves Ferreira, de 30 anos, tem uma extensa ficha corrida na Justiça. Ele ainda responde a uma ação no Tribunal de Justiça de Goiás por receptação de um carro roubado.

Segundo os registros, aos quais O GLOBO teve acesso, Antônio Cláudio chegou a ser preso em flagrante pelo crime em novembro 2014. O andamento processual do TJ-GO mostra que o processo encontra-se suspenso porque o mecânico não havia sido encontrado para ser citado. Neste tipo de caso, a ação pode ser retomada após a notificação.

Continue Reading
Deixar um comentário

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil

Isso vai fechar em 20 segundos