Siga-nos

economia

Inflação volta a subir neste fim de ano

Publicado

em

Sob o impacto do aumento nos preços dos alimentos, a inflação de novembro registra elevação para 0,28%. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo IBGE, acumulou um total de 4,68% nos últimos 12 meses.

A inflação oficial de novembro acelerou para 0,28%, comparado a outubro, que registrou 0,24%. O aumento nos preços dos alimentos teve o maior impacto no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo IBGE nesta terça-feira (12). No acumulado de 12 meses, o IPCA atingiu 4,68%. O índice é calculado para famílias com renda de até 40 salários mínimos, e o resultado de 12 meses está dentro da meta do governo, que é de 3,25%, com uma tolerância de 1,5%, totalizando até 4,75%.

Seis dos nove grupos de produtos e serviços analisados pelo IBGE apresentaram aumento de preços, com destaque para alimentos e bebidas, que subiram 0,63%, mais que o dobro de outubro (0,31%). Essa alta representou 0,13 ponto percentual no IPCA, a inflação oficial. Habitação também contribuiu para a aceleração da inflação, com um aumento de 0,48%, pesando 0,07 ponto percentual, devido aos reajustes nos serviços públicos, como a conta de luz (1,07%) e a tarifa de água e esgoto (1,02%). Os transportes tiveram uma elevação de 0,27%, com as passagens aéreas registrando a maior contribuição individual (0,14 pp) no IPCA do mês, com um aumento de 19,12%.

Continue Reading
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil