Siga-nos

Brasil

INQUÉRITO CONCLUI QUE NÃO HOUVE MOTIVAÇÃO POLÍTICA EM ASSASSINATO DE TESOUREIRO DO PT

Publicado

em

A polícia civil do Paraná, conclui na última quinta-feira, 14, o inquérito sobre o homicídio de tesoureiro do PT e guarda civil, Marcelo Arruda, 50 anos. O inquérito policial imputou o agente penitenciário federal, Jorge Guaranho, 36 anos, por homicídio qualificado. Mas segundo a conclusão, não foi um crime político.

O assassinato que terminou até mesmo com Guaranho baleado após trocar tiros com a vítima, Marcelo, ocorreu em um condomínio de Foz do Iguaçu.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Camila Cecconello, não há indícios probatórios de que o homicídio tinha por fim o impedimento meramente político de vítima. Ainda de acordo com a delegada, que ouviu testemunhas e teve acesso a câmeras que filmaram o momento do ocorrido, houve um desentendimento que terminou por virar um briga e posteriormente uma troca de tiros.

Continue Reading
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil