Siga-nos

Business

Mais uma empresa anuncia demissão em massa e o caos se espalha

Publicado

em

A plataforma Zoom anunciou no dia de hoje (07/02), planos para cortar cerca de 1.300 trabalhadores, ou 15% de sua força de trabalho, segundo uma postagem no blog no site da empresa. Ressaltando que as ações da Zoom subiram 7% nas negociações da tarde.

Zoom

Eric Yuan, CEO da empresa, escreveu na postagem do blog que, à medida que o mundo continua a se ajustar à vida após a pandemia de Covid , a empresa precisa se adaptar à “incerteza da economia global”, bem como “seu efeito sobre nossos clientes”.

Lembrando que o Zoom experimentou um grande boom durante a pandemia, quando as pessoas foram forçadas a trabalhar em casa e recorreram ao software de bate-papo por vídeo para manter contato com colegas, amigos e familiares.

Trabalhamos incansavelmente e melhoramos o Zoom para nossos clientes e usuários. Mas também cometemos erros”, disse Yuan. “Não levamos tanto tempo quanto deveríamos para analisar minuciosamente nossas equipes ou avaliar se estávamos crescendo de forma sustentável, em direção às maiores prioridades.”

O CEO afirmou que os cortes afetarão todas as organizações da Zoom, e os funcionários demitidos receberão até 16 semanas de salário e cobertura de saúde. Yuan também falou que planeja reduzir seu próprio salário para o próximo ano fiscal em 98% e também está abrindo mão de seu bônus corporativo de 2023.

Como CEO e fundador da Zoom, sou responsável por esses erros e pelas ações que tomamos hoje – e quero mostrar responsabilidade não apenas em palavras, mas em minhas próprias ações”, escreveu Yuan no post.

Continue Reading
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil

Isso vai fechar em 20 segundos