Siga-nos

Artigo

MORTE DO INDIGENISTA NA AMAZÔNIA: BOLSONARO REDUZIU ASSASSINATOS.

Publicado

em

No fantástico mundo da imprensa e da esquerda em geral, Bolsonaro forjou uma facada, mandou matar a Marielle, cometeu genocídio, matou o congolês, destruiu a Amazônia e deu um golpe militar.

É nesse mundo funesto e lisérgico, regado a muita maconha, que Bolsonaro está sendo “responsabilizado” por mais um crime. Dessa vez pelas mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, que foram assassinados na região amazônica.
O crime foi bárbaro, e os culpados já foram presos, mas os militantes e jornalistas de esquerda, como de costume, forçam a barra ao extremo para tentar de alguma forma vincular o caso ao presidente.

A turma finge esquecer que a missionária Dorothy Stang foi morta por fazendeiros durante o governo Lula, sem que ninguém fizesse qualquer vinculação imbecil e leviana a este.
Nunca é demais lembrar que Bolsonaro reduziu significativamente (mais de 30%) o número de crimes violentos durante o seu mandato, chegando em 2021 ao menor patamar da série histórica. Além de ter reduzido em 15% o número de conflitos no campo.

Ao tempo em que lamento as mortes, parabenizo o presidente – André Falcão

Continue Reading
Deixar um comentário

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil

Isso vai fechar em 20 segundos