Siga-nos

economia

Sem Peru: Ceia de Natal tem aumento em 2023

Publicado

em

A ceia de Natal dos brasileiros ficou 8,9% mais cara em 2023 em comparação com o ano passado. Isso é quase o dobro da inflação média oficial do país no mesmo período, que foi de 4,68%, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O custo médio do pacote completo nos supermercados do país é agora de R$ 321,13, em comparação com R$ 294,75 no ano passado, conforme indicado por uma pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

A pesquisa incluiu dez itens na cesta de compras para a ceia, como ave natalina, azeite, caixa de bombom, espumante, lombo, panetone, pernil, peru, sidra e tender. O preço do azeite foi o que mais aumentou.

A inflação para a ceia de Natal varia por região. No Sudeste, espera-se um aumento de 12,2% em comparação com 2022. No Sul, o aumento é de 10,7%, no Centro-Oeste é de 9,7%, no Nordeste é de 7,9%, e no Norte é de 4,6%. A cesta mais cara é a do Sul (R$ 333,44), seguida por Nordeste (R$ 321,65), Norte (R$ 320,43), Sudeste (R$ 316,84) e Centro-Oeste (R$ 313,30).

A pesquisa da Abras, realizada entre os dias 10 e 23 de novembro, indica que, mesmo com o aumento nos preços, os supermercados esperam um consumo 62% maior do que o observado no ano passado. O aumento no consumo será impulsionado por bebidas e proteínas (aves, bacalhau e outras carnes). A estimativa é que o consumo de cervejas, espumantes, refrigerantes, sucos, vinhos importados e vinhos nacionais cresça 12%, e o de carnes, 10%.

Continue Reading
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil