Siga-nos

Eleições Brasil

SENADO GANHA DESTAQUE NAS ELEIÇOES DE 2022

Publicado

em

Em outubro, os brasileiros vão votar para: presidente, governador, senador, deputado federal e estadual. O mundo inteiro está de olho nas eleições do Brasil. A esquerda está vencendo as eleições na América Latina, e o Brasil tem sido uma resistência contra a tirania e o socialismo.
Em relação a eleição presidencial, Bolsonaro e Lula lideram a disputa disparado dos demais pré-candidatos que não conseguem ter a mesma expressão. Apesar de algumas pesquisas mostrarem que o ex-presidiário Lula está na frente, é o presidente Bolsonaro quem está demonstrando maior popularidade e aceitação, tanto nas redes sociais quanto nas ruas, gerando uma discussão pertinente entre os brasileiros sobre a credibilidade destes institutos de pesquisa.

Outro tema que está gerando insegurança em parte do eleitorado brasileiro é a discussão em torno do sistema eleitoral. Muitos não compreendem os motivos para tanta resistência em tornar a eleição mais transparente. Vale lembrar que o TSE chegou a convidar as Forças Armadas para participarem desta eleição, mas acabaram mudando de ideia. Depois de muitas críticas, aceitaram contar com a ajuda do Exército Brasileiro.
Nas eleições passadas pouco se falava sobre o Senado. Muitos eleitores nem se quer sabiam direito o que um senador fazia e deixavam para decidir em cima da hora. Nas eleições de outubro de 2022, um terço do Senado será renovado e os brasileiros estão atentos nos nomes que estão se apresentando como pré-candidatos.

Mas por que isso mudou?

A verdade é que o brasileiro está ficando cada vez mais politizado e consequentemente mais exigente. Nos últimos anos o Senado virou palco da política brasileira. Tivemos por exemplo a famosa ”CPI da Covid” em que foi investido tempo e dinheiro público apenas para tentar desgastar a imagem do governo federal – sem sucesso. Outro exemplo é a omissão de muitos Senadores em relação às atitudes abusivas e inconstitucionais de alguns ministros, sendo que apenas o Senado pode efetivamente fazer a nossa constituição ser respeitada.

Alguns nomes do Governo Bolsonaro estão se colocando à disposição, como por exemplo:
SENADO – General Hamilton Mourão (vice-presidente da República), pré-candidato ao Senado – RS; Damares Alves (ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos), pré-candidata ao Senado – DF; Jorge Seif (Ex-secretário da Pesca), pré-candidato ao Senado – SC.
GOVERNADOR – Tarcísio Gomes de Freitas (ex-ministro da Infraestrutura), pré-candidato a Governador – SP;
OnyxLorenzoni (ex-ministro da Casa Civil), pré-candidato a Governador – RS.

Para finalizar quero deixar uma reflexão: nos últimos anos nós vimos que só o presidente Bolsonaro sozinho não consegue vencer todas as batalhas. A direita tem este ano uma ótima oportunidade de escolher bons nomes para defender a nossa liberdade, mas precisamos ficar atentos, pois a esquerda também está se organizando e sabem se aproveitar das brechas para ocupar os espaços. Precisamos escolher com sabedoria. É agora ou nunca.

Continue Reading
1 Comentário

1 Comentário

  1. Gabriel

    junho 29, 2022 ás 9:49 am

    Entendi

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil

Isso vai fechar em 20 segundos