Siga-nos

ELEIÇÕES 2022

SERÁ QUE OS APOIOS QUE LULA RECEBEU SE TRADUZIRÃO EM NOVOS VOTOS?

Publicado

em

Dos apoios políticos recebidos hoje por Lula, os mais relevantes foram os da senadora Simone Tebet, do governador reeleito do Pará, Helder Barbalho, e do seu adversário histórico, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC).

Pelo poder que tem e por ter sido reeleito com expressiva votação, Barbalho tem condições de atrair novos votos para Lula no seu estado e ajudar na articulação com outros governadores da região. Porém, a capacidade de Tebet de fazê-lo é algo que está para ser demonstrado. O perfil médio do eleitor dela não parece ser o daquele que migra necessariamente para Lula. Quem votou em Tebet acreditou que a senadora era uma alternativa à Lula e não alguém que, derrotada, se aliaria a quem ela criticou por não apresentar propostas nem prestar contas.

Curiosamente, Tebet admitiu hoje que no encontro com Lula nada lhe foi apresentado. Mesmo assim, ela solicitou a incorporação de pautas do seu programa ao programa do PT que ela nem sabe se existe.

No caso de FHC, o apoio tem um peso meramente simbólico para Lula e para os petistas mais antigos, mas não se traduzirá em votos porque o ex-presidente não tem mais relevância política e o PSDB tornou-se irrelevante nesta eleição.

Muito embora os apoios recebidos hoje por Lula não tenham sido equivalentes aos anunciados ontem para Bolsonaro em MG, RJ e SP, serão todos eles importantes no somatório geral, principalmente na região nordeste onde Lula precisa consolidar a sua posição de favorito e Bolsonaro ampliar a votação do primeiro turno.

Hoje o dia para Bolsonaro também foi positivo com adesões importantes, como as dos governadores, Ronaldo Caiado, de Goiás, Ibaneis Rocha, do Distrito Federal, de políticos ligados ao agronegócio e de senadores em exercício e dos senadores eleitos na eleição de domingo.

Outra boa notícia foi a neutralidade anunciada pelo União Brasil, além das já declaradas por MDB, PSD, PSDB, Democracia Cristã e NOVO, porque pode beneficiar Bolsonaro em várias regiões do país, incluindo no nordeste, pois os políticos desses partidos estarão livres para apoiá-lo caso já não estejam fechados com Lula.

E assim o segundo turno começa a tomar forma.

Análise: @bgarschagen

Continue Reading
Deixar um comentário

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil

Isso vai fechar em 20 segundos