Siga-nos

Brasil

Telegram assina acordo de adesão a programa de CENSURA do TSE

Publicado

em


A adesão ao programa ocorre uma semana após ministro do STF Alexandre de Moraes determinar o bloqueio do app no Brasil. Junto ao Tribunal, o Telegram se compromete a manter o sigilo necessário sobre as informações a que tiver acesso ou conhecimento no âmbito do TSE.

A parceria tem como objetivo combater os conteúdos falsos relacionados ao processo eleitoral e o sistema eletrônico de votação.

Já participam do programa as plataformas Google, WhatsApp, Twitter, Facebook, TikTok e Kwai, além de “agências de checagem”, partidos políticos, entre outros.

O programa tem como foco ampliar a divulgação de informações oficiais sobre as eleições de outubro. Outras iniciativas incluem a exclusão de conteúdos manifestamente inverídicos, considerados nocivos ao curso normal do pleito.

Diante de alguns fatos ocorridos, resta saber de fato a que está atrelado o termo “fake news” para o STF e, o que realmente vai ser considerado inverídico pelo TSE e pelo ministro Alexandre.

Continue Reading
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil

Isso vai fechar em 20 segundos