Siga-nos

SAÚDE

Tolerância zero com críticos às vacinas, propõe Lula

Publicado

em

Durante a apresentação da avaliação do primeiro ano do governo no âmbito da saúde, com a presença da Ministra da Saúde, Nísia Trindade, o Presidente Lula defendeu e propôs a criminalização da disseminação de “fake news” sobre vacinas.

Nesta terça-feira (12), o Presidente Lula defendeu a criminalização da propagação de notícias falsas sobre vacinas.

Para Lula, “[…] é necessário criminalizar a pessoa que está contando mentiras sobre uma questão tão importante.” Ainda segundo Lula, quem se opõe à vacinação é um “facínora”.

A declaração ocorreu no programa “Conversa com o Presidente”, que contou com a presença da Ministra da Saúde, Nísia Trindade.

Ao lado de Lula, Nísia Trindade destacou que os movimentos antivacina no Brasil constituem uma “estratégia deliberada” e política. A ministra também não poupou críticas à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara, formada pela oposição, por participar de transmissões ao vivo em redes sociais com médicos que questionam o real funcionamento das vacinas.

“Quando você tem um facínora que resolve fazer propaganda contrária [à imunização], nós temos que processá-lo criminalmente. Porque não há outra saída para lidar com gente desse tipo, negacionista”, continuou Lula.

Continue Reading
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil