Siga-nos

Política

Lula reconhece “falcatrua em empresa” no leilão de arroz importado

Publicado

em

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que a anulação do leilão do arroz foi consequência de uma “falcatrua numa empresa”. A declaração foi feita nesta sexta-feira (21) durante uma entrevista à Rádio Meio FM, de Teresina, no Piauí.

Lula referia-se à controvérsia em torno da concorrência para a compra de arroz importado, que foi cancelada após a identificação de irregularidades. O governo federal planeja realizar um novo leilão. “Decidi importar 1 milhão de toneladas. Depois, tivemos a anulação do leilão porque houve uma falcatrua numa empresa. O arroz tem que chegar na mesa do povo a, no máximo, R$ 20 por pacote de cinco quilos. Não dá para ter um preço exorbitante”, argumentou Lula na entrevista.

“Vamos também financiar áreas produtivas de arroz em outros estados para não depender apenas de uma região. Vamos oferecer aos produtores a garantia de preço para que não tenham prejuízo”, completou o presidente. A decisão do Governo Lula de importar arroz foi tomada poucos dias após o início das fortes chuvas e enchentes no Rio Grande do Sul (RS), com o objetivo de evitar a alta nos preços do alimento, devido à dificuldade do estado em transportar o grão para o restante do Brasil.

A inexperiência das empresas vencedoras no mercado de cereais foi um dos fatores de preocupação no leilão. Além disso, houve desconforto em relação ao papel da Bolsa de Mercadorias de Mato Grosso (BMT) e da Foco Corretora de Grãos na intermediação da venda. Essas empresas foram criadas em 2023 por Robson Luiz de Almeida França, ex-assessor de Neri Geller, que recentemente ocupava o cargo de secretário de Política Agrícola do governo federal.

Continue Reading
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil