Siga-nos

ELEIÇÕES 2022

Promotor manda investigar adega que vende vinho a R$ 22, número de Jair Bolsonaro

Publicado

em

O promotor Haroldo Caetano, do Ministério Público Eleitoral de Goiás, pediu à Polícia Federal (PF) que investigue a loja Empório Sete por vender 10 marcas diferentes de vinho por R$ 22, “mesmo número do candidato Bolsonaro”.

Caetano viu anormalidade na promoção da empresa, sobretudo por ir até 29 de outubro, um dia antes do segundo turno. “O preço das bebidas é incomum e baixo”, argumentou o promotor, em pedido protocolado na terça-feira 18.

A peça solicitou a apuração dos rótulos dos vinhos, com análise das notas fiscais de compras pela empresa para apurar “materialização da vantagem indevida oferecida ao eleitorado, em face do preço incomum e baixo”.

De acordo com o promotor, a empresa, se confirmado o delito, pode ser enquadrada no artigo 299 da Lei Eleitoral: “Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita”. Em caso de condenação, a pena prevista para esse crime é de reclusão por até quatro anos e pagamento de cinco a 15 dias-multa.

Ontem, a empresa mudou os preços dos produtos, que agora custam R$ 21.

Continue Reading
3 Comentários

1 Comentário

  1. Luiza Santos

    outubro 22, 2022 ás 1:56 pm

    Só rindo!! 😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂 Ele namorem mais nada importante para fazer??????

  2. Luiza Santos

    outubro 22, 2022 ás 1:57 pm

    Só rindo!! 😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂

  3. binance noticias

    abril 5, 2023 ás 11:46 pm

    Thanks for sharing. I read many of your blog posts, cool, your blog is very good.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2021 - 2024 - Revista Brasil

Isso vai fechar em 20 segundos